Crescimento do Porto Digital em 2020 mostra força do setor

Porto Digital apresenta os dados de crescimento de 2020

As empresas que fazem parte do nosso Porto Digital, um dos principais parques tecnológicos e ambientes de inovação do Brasil, fecharam o ano de 2020 com faturamento quase 22% maior do que no ano anterior, mesmo com todos os desafios impostos por conta da pandemia provocada pela covid-19. O dado é parte do balanço divulgado na quinta-feira (04/03), pelo presidente do Porto Digital, Pierre Lucena, com a presença dos presidentes da Assespro PE/PB, Lais Xavier, do  SoftexRecife, Yves Nogueira, e do Seprope, Gerino Xavier. Participaram também o secretário de desenvolvimento econômico do Estado, Geraldo Júlio e o prefeito do Recife, João Campos.    

A pesquisa apontou ainda para o crescimento contínuo das empresas em 2021 e abertura de mais postos de trabalho. “No começo de 2020, o conjunto de empresas do Porto Digital já apontavam para um crescimento significativo dos negócios realizados no parque – mas aí veio a pandemia e todas as empresas tiveram que reavaliar seus planejamentos. Ainda assim, apesar da pandemia, as organizações conseguiram superar os desafios e manter o ritmo do ano anterior”, informou Pierre Lucena.

Em 2020, o faturamento das empresas embarcadas no Porto Digital chegou a R$ 2,86 bilhões – valor 21,7% maior do que o registrado no ano anterior, de R$ 2,35 bilhões, e 50,8% a mais do que no ano de 2018. Entre as que mais cresceram estão a Speedmais, Insole e a Consenso, que estreou no TOP 3 neste ano.

Entre as que mais faturaram em 2020 estão a Accenture, Acqio, Avanade, Avantia, CESAR, Insole, Neurotech, Rede Globo, Sertell e Tempest. Já na lista das empresas com o maior número de colaboradores estão atualmente a Accenture, Avanade, Avantia, CESAR, EAD Nassau, Emprel, Pitang, Serttel, Speedmais e Tempest. Ao todo, o parque terminou o ano de 2020 com 13.378 profissionais empregados – alta de 14,7% – e 349 empresas.

A meta do Porto Digital é, até 2025, ter cerca de 20 mil colaboradores distribuídos entre 500 a 600 empresas no parque, com faturamento anual de R$ 3,5 bilhões. Com a expansão proposta, o parque dobrará de tamanho em relação a 2018 – quando havia cerca de 9,5 mil profissionais em 300 empresas, com faturamento anual de R$ 1,89 bilhão.

Confira todos os informativos


Acompanhe nossa agenda de eventos, cursos e palestras!

Agendas de eventos

© SOFTEXRECIFE. Todos os direitos reservados.