Meetup aborda os desafios da fase inicial de um negócio

Bate-papo reuniu mais de 40 pessoas no Mangue.Space, coworking inaugurado em agosto, no empresarial ITBC, no Bairro do Recife

 

Ter uma ideia e transformar isso em um negócio pode ser uma tarefa difícil para quem mergulha pela primeira vez no universo do empreendedorismo. Pensando nisso, a comunidade de startups Manguez.Al realizou, no último dia 29 de agosto, um meetup para falar sobre a fase inicial de um negócio, trocar experiências, mostrar como é possível haver colaboração e crescimento mútuo dentro do ecossistema de inovação do Recife. O bate-papo reuniu mais de 40 pessoas no Mangue.Space, novo coworking do SoftexRecife, no Bairro do Recife, criado em homenagem ao grupo.

 

O painel foi apresentado por três líderes do Manguez.Al: Daniel Lima, Ed Dantas e Renata Sellero. Conhecido por integrar a terceira geração da comunidade, Daniel Lima frisou que a troca de experiências com empreendedores já consolidados no mercado é muito importante e ajuda na performance de que está iniciando. Além disso, o fato de estar perto de um ecossistema como o do Porto Digital facilita o compartilhamento de informações. “A ideia é fazer com que aqueles que cheguem aqui saibam que terão facilidade de se conectar com outros empreendedores. O intuito não é ensinar, e sim trocar ideia”, explicou.

 

Renata Sellero, analista de operação da Databizz, chamou a atenção sobre o quanto aquele medo de compartilhar uma ideia pode atrapalhar o processo de criação de uma startup. Ela pontuou que quanto menos uma pessoa fala sobre sua ideia, menores são as chances de sucesso. O melhor caminho é testar a ideia, conversar com pessoas que entendam do mercado ou do problema que a ideia se propõe a resolver. Também é fundamental ter uma boa rede de relacionamento. “Não há como colocar seu projeto no mercado e se conectar com o ecossistema se você não mostrar a sua ideia. Assim, não é possível tirá-la do papel”, ressaltou.

 

Gerente de Inovação do Complexo Portuário de Suape e integrante da segunda geração da Manguez.Al, Ed Dantas contou que a comunidade vem apoiando o surgimento de várias empresas de base teológicas, desde 2011. Para tanto, são promovidos frequentemente meetups sobre diversos temas, eventos como o Mangue Bit, além de promover ações de integração com entidades e iniciativas que facilitam as conexões das startups com representantes de empresas consolidadas, aceleradoras e investidores.

Confira todos os informativos


Acompanhe nossa agenda de eventos, cursos e palestras!

Agendas de eventos

© SOFTEXRECIFE. Todos os direitos reservados.