Trade turístico de Porto de Galinhas conhece potencial e soluções do ecossistema de TIC

Executivos de diferentes empresas participaram, no último dia 23 de julho, de um Match Day, articulado pelo SoftexRecife, Assespro PE/PE, Manguez.Al, Seprope, CESAR e Porto Digital

 

Cerca de 30 executivos de diferentes empresas que compõem o trade turístico de Porto de Galinhas participaram, no último dia 23 de julho, de um grande encontro de negócios com o foco em tecnologia e inovação, no Recife. Eles integraram o chamado Match Day, uma agenda corporativa que envolveu a apresentação da infraestrutura, atores, conexões e produtos do ecossistema de TIC de Pernambuco. Articulado pelo SoftexRecife, juntamente com a Assespro PE/PE, Manguez.Al, Seprope, CESAR, e Porto Digital, o evento marcou o início de um relacionamento que visa apoiar o trade no processo de transformação digital dos seus associados.

 

“Assim como em outros setores, há muitos desafios a serem superados no turismo. Estamos aqui para conhecer novas tecnologias que possam nos ajudar a gerenciar e também a melhorar os resultados dos nossos empreendimentos. Sabemos que hoje é fundamental estarmos perto de pessoas e de ambientes ligados à tecnologia. Por isso, viemos estreitar o relacionamento entre o polo de tecnologia do estado e o trade”, colocou o presidente da Associação Comercial de Porto de Galinhas, João Adauto Araújo, que destacou esse evento ser apenas o primeiro de vários encontros que deverão acontecer ligando turismo à tecnologia.

 

Com mais de 15 empresas associadas, o trade de turístico é formado por hotéis, pousadas e restaurantes, de pequeno a médio porte. Muitos obstáculos são comuns aos empreendedores do ramo e, para o Match Day ser efetivo, os representantes elencaram antecipadamente mais de 30 temas de interesses para a adoção de tecnologia. Entre eles, estão questões ligadas à logística (a exemplo do frete de pedidos; ciclo de entrega de produtos; controle de estoque, etc); recursos humanos (turnover; treinamentos; gestão de documentos); administração e finanças (banco de dados, relatórios financeiros; comunicação interna) compras (entregas; fluxo e gestão de estoque); marketing e vendas.

 

Ao longo das quase nove horas de evento, a comitiva pôde conferir uma série de exposições no auditório do Apolo 235, no Bairro do Recife. Apresentou-se o Porto Digital; as instituições do polo, o ambiente e as conexões do ecossistema. O grupo também viu representantes de Institutos de Ciência e Tecnologia (IIT/UPE/Parqtel, CIn/UFPE e CESAR) fazerem pitches sobre suas atividades, projetos e oportunidades existentes junto à iniciativa privada. Eles ainda assistiram a um keynote de Open Innovation, com Cláudio Marinho, e fizeram visitas às instalações do CESAR (unidade Tiradentes), da Jump e do Laboratório de Objetos Urbanos Conectados (LOUCo).

 

Por fim, à tarde, 16 empresas de tecnologia – entre iniciantes e já consolidadas no mercado – ocuparam o palco do Apolo 235 para falar sobre suas soluções. Cada organização teve cinco minutos para detalhar seus serviços, produtos, diferenciais, experiência na área e responder a perguntas da plateia. Os pitches foram da LeFil, AO3, Recrut.AI, Joy Street, Cronos, Jogga, Facilitat, Hephaenerhy, Elcoma, Partec, Pague Bem Brasil, In Loco, Saly, LinkaJob, Corptech e Hubtool.

Confira todos os informativos


Acompanhe nossa agenda de eventos, cursos e palestras!

Agendas de eventos

© SOFTEXRECIFE. Todos os direitos reservados.