Match Day: Atiaia Energia conhece iniciativas desenvolvidas no ecossistema de TIC

Realizado no dia 09 de julho, o evento mobilizou Institutos de Ciência e Tecnologia (ICTs), entidades e 10 empresas locais de TIC

 

Mais uma empresa do Grupo Cornélio Brennand deu início a um processo de aproximação com o ecossistema de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) de Pernambuco. Trata-se da Atiaia Energia, um empreendimento em sociedade com a Koblitz e que atua na geração e comercialização de energia elétrica a partir de fontes renováveis. No último dia 09 de julho, representantes da Atiaia integraram uma edição do Match Day, que mobilizou os Institutos de Ciência e Tecnologia (ICTs), entidades e 10 empresas do ecossistema de TIC, entre startups e negócios já consolidados no mercado.

 

Este é o segundo encontro de negócios – promovido pelo SoftexRecife, Assespro PE/PB, Seprope, Porto Digital, CESAR e Manguez.AL – que conecta a organização com o cluster de tecnologia. Para João Pedroza, consultor de inovação do Grupo Cornélio Brennand, o evento focado no ramo de energia proporcionou um conhecimento mútuo importante. “O Match Day foi bastante positivo, abrindo os horizontes dos integrantes da Atiaia para enxergar as possibilidades de melhorias e de negócios oferecidas pelas empresas de TIC. Embora o grupo já tivesse estabelecido uma relação com o parque tecnológico, precisávamos criar essa ponte junto ao braço de energia do grupo”, disse.

 

Fundada em 2004 e com sede no Recife, a Atiaia Energia possui seis pequenas centrais hidrelétricas em operação nos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Pernambuco. Com essas unidades, a companhia possui uma capacidade total de aproximadamente 150 MW e uma geração anual de quase 1 milhão de MWh. Segundo a organização, esse é um potencial suficiente para abastecer uma cidade com 600 mil habitantes. Afora a estrutura em funcionamento, outras duas pequenas centrais hidrelétricas estão em construção e têm como prazo para iniciar a operação 2020.

 

Durante o evento, a comitiva apresentou as expectativas e as áreas de interesse do braço de energia do Grupo Cornélio Brennand para implantação de tecnologias. Dos desafios propostos, destacam-se soluções para a operação e manutenção de máquinas; acompanhamento de legislações; controle de documento; monitoramento de Áreas de Preservação Permanente – APPs; gestão de estoque; entre outros. Já as saídas para esses obstáculos foram tema de exposição de três ICTs (CIn-UFPE, IIT-Parqtel-UPE e ISI-SENAI) e 10 empresas locais de tecnologia (Hephaenergy; AO3; Pegasus; SET; Suporte Gerencial; Avantia; SGP+; Capyba; DigitaAllWorkers; e Procenge).  

 

Ainda dentro dos esforços da Atiaia rumo à inovação, o grupo pôde conferir uma série de painéis sobre o funcionamento do ecossistema. Uma das palestras foi sobre a história, o conceito, o desenvolvimento e as perspectivas de futuro do Porto Digital, com Lúcio Ribeiro. Outro painel teve à frente o presidente do SoftexRecife, Alcides Pires, e abordou os atores e as conexões do cluster. Por fim, a programação envolveu um keynote de Open Innovation, com Cláudio Marinho.

Confira todos os informativos


Acompanhe nossa agenda de eventos, cursos e palestras!

Agendas de eventos

© SOFTEXRECIFE. Todos os direitos reservados.