Grupo KarneKeijo mais perto do ecossistema de TIC de Pernambuco

Grupo participou, no último dia 22 de maio, do Match Day levando comitiva formada por 15 executivos. Evento aconteceu no Apolo 235

Com 40 anos de atuação no mercado, o Grupo KarneKeijo decidiu entrar de vez no universo da tecnologia, seguindo a onda mundial que tem sacudido a economia, os negócios e a sociedade. A organização quer investir em digitalização, automação e integração de sistemas e, para encontrar as soluções certas, está estreitando seu relacionamento com os atores do ecossistema de TIC de Pernambuco. O ponto de partida dessa iniciativa foi a participação do grupo em um Match Day, realizado no último dia 22 de maio, no Apolo 235, Bairro do Recife.

Organizado pelo SoftexRecife, Assespro PE/PB, Seprope, CESAR, Manguez.al e Porto Digital, o encontro mobilizou uma comitiva de 15 executivos da Karne e Keijo. Entre eles, estava o presidente do grupo, Inácio Miranda, e os diretores das áreas de logística, comercial e administrativo-financeiro. “Trouxemos todo o corpo executivo da Karne e Keijo para o evento porque acreditamos muito nesse dia. Acreditamos nos resultados que podem gerar esse contato com o ecossistema. A nossa expectativa é encontrar boas soluções para os nossos desafios”, disse o diretor Financeiro da instituição, Marcel Andrade.

A KarneKeijo atua no segmento de atacado, varejo, distribuição e logística de frigorificados. São especialistas na distribuição de alimentos, estando presente nos mercados de Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Sergipe, Alagoas, Ceará e Bahia. Para serem mais assertivos no Match Day, os representantes da instituição pontuaram antecipadamente 15 temas de interesses para a adoção de tecnologia. Destaque para as áreas de câmbio, controladoria, jurídico, recursos humanos, compras, vendas e supply chain.   

Para conhecer o leque de oportunidades que o ecossistema abre, a organização participou de uma agenda corporativa longa. Pela manhã, a comitiva assistiu a apresentações sobre o Porto Digital; e a respeito dos atores e conexões do ecossistema. Também rolou um keynote de Open Innovation, com Cláudio Marinho. Representantes de três Institutos de Ciência e Tecnologia (ICTs) ainda fizeram exposições sobre suas atividades, projetos e oportunidades existentes junto à iniciativa privada. Após isso, a comitiva conheceu as instalações do Apolo 235 e do CESAR.

As startups locais detalharam suas soluções, história e experiência à tarde. Ao todo, 17 empresas fizeram pitches com duração de cinco minutos, dispondo de outros três minutos para responder questionamento e tirar dúvidas dos representantes da Karne e Keijo. Foram elas: Kurier, Recrut.AI, Agile, Pague Bem Brasil, Le Fil, Xarx, Scriptcase, Mabuya, AO3, iLand, Procenge, Tallos, Facilit, Pegasus, Suporte Gerencial, Avantia e Pitang.

Confira todos os informativos


Acompanhe nossa agenda de eventos, cursos e palestras!

Agendas de eventos

© SOFTEXRECIFE. Todos os direitos reservados.