Unilever participa de novos encontros de negócios com polo de TIC de Pernambuco

Multinacional estava em busca de soluções junto às empresas de tecnologia para as áreas de Manufatura e Manutenção de equipamentos

O relacionamento entre a gigante holandesa e o ecossistema de TIC de Pernambuco está cada vez mais consolidado. Em fevereiro, a multinacional Unilever voltou a procurar as entidades do parque tecnológico para conhecer soluções inovadoras, dessa vez, nas áreas de manufatura 4.0 e de manutenção de equipamentos fabris. Assim, novos Matches Days foram promovidos pelo SoftexRecife, Assespro PB/PE, Seprope, Porto Digital e Manguez.Al. O primeiro aconteceu no último dia 08 de fevereiro, no auditório do empresarial ITBC, no Bairro do Recife. O segundo foi realizado no final do mês e incluiu uma visita dos empresários de tecnologia à fábrica do grupo em Jaboatão dos Guararapes.

Considerando todos os eventos já produzidos, a Unilever já soma oito encontros com os representantes do polo pernambucano. Na reunião, realizada no início do mês, oito empresas de TIC expuseram suas soluções, diferenciais e experiência na área para os representantes da multinacional, além de responder a perguntas deles. Dessa etapa, participaram Avantia, BottomUp, CESAR, Tomus, Id3a, Passarelli, RA Innovation e Audio Alerta. Já no dia 25 de fevereiro, executivos de seis empresas (Suporte Gerencial, In Forma, Procenge, Capyba, Inhalt e GW Sistemas) conversaram com os responsáveis pelo setor de manutenção de equipamentos e parte deles estiveram pessoalmente na fábrica.

Segundo José Lucas, responsável pela área de Planejamento de Manutenção na Unilever, a ideia dessa rodada foi achar soluções para otimizar e facilitar a tarefa de acompanhar o processo de manutenção nos equipamentos fabris. “Temos uma planilha para monitorar e acompanhar as ações de manutenção de diversos equipamentos da fábrica. Então, procuramos o ecossistema [de TIC] com o objetivo de obter uma tecnologia de automação para facilitar o preenchimento dessa planilha, assim como, otimizar o trabalho e possibilitar uma melhor gestão visual dessa tarefa”, explicou Lucas.

Ainda de acordo com ele, seis empresas de tecnologia manifestaram interesse no desafio, mantendo conversas com a Unilever. Elas compareceram à fábrica em uma visita conjunta, com membros do SoftexRecife para conhecer os desafios de perto. “A visita à nossa unidade foi uma sugestão do próprio SoftexRecife e nós concordamos que seria interessante. Com isso, foi possível transportar essas pessoas para a realidade da fábrica e eles puderam ter acesso a informações mais detalhadas da planilha e dos desafios com o qual estamos lidando”, contou.

Confira todos os informativos


Acompanhe nossa agenda de eventos, cursos e palestras!

Agendas de eventos

© SOFTEXRECIFE. Todos os direitos reservados.