Publicado novo mapeamento do ecossistema de inovação de Pernambuco

Relatório, realizado pela Liga Ventures, dimensionou o ecossistema de inovação do Estado e ofereceu ao mercado um estudo sobre as tendências e oportunidades no setor

Um amplo levantamento do ecossistema de inovação do Estado foi realizado pela Liga Ventures, em parceria com o SoftexRecife, CESAR, Databizz, e Derraik & Menezes Advogados. Pernambuco foi a primeira região do país a fazer parte do projeto intitulado Liga Insights, que prevê estudar os ambientes de empreendedorismo tecnológico em todo Brasil. Divulgado em 1º de fevereiro, o documento contabiliza a existência de 280 atores no polo pernambucano e revela que as cidades de Recife e Caruaru sediam a maioria das startups.

Segundo o gerente de desenvolvimento de negócios da Liga Ventures, Filipe Marques, o mapeamento possibilitou dimensionar o ecossistema de Pernambuco, um dos mais relevantes do país, e oferecer ao mercado um estudo sobre as tendências e oportunidades no setor, que antes não existia no Brasil. “O projeto também foi uma forma de nos aproximarmos de outros ecossistemas, fora do sul e sudeste do país, além de dar visibilidade nacional ao ecossistema de inovação de Pernambuco, à medida que disponibilizamos um rico conjunto de informações. O material relata os principais desafios, oportunidades, o que está sendo feito e o que pode ser feito para melhorar nesses ambientes”, comenta.

Pelo o estudo, esse universo empreendedor do Estado é composto por 181 startups, 24 coworkings, 14 instituições de fomento, 24 empresas juniores, 9 espaços de inovação e laboratórios makers, 11 empresas investidoras, 17 incubadoras e aceleradoras. As startups são bastantes jovens, 47% delas foram fundadas entre 2016 e 2018. O Recife é cidade que mais abriga esse tipo de empresa, sendo seguida por Caruaru, que desbancou municípios da região metropolitana, como Jaboatão dos Guararapes e Olinda.

Afora os dados numéricos e a lista das empresas, o documento traz depoimentos de mais de 15 profissionais e empreendedores que atuam em diversas áreas do ecossistema. Destaque para uma entrevista especial com o presidente do SoftexRecife, Alcides Pires, que pontua os desafios, as iniciativas em curso e os caminhos para o crescimento. Entre as oportunidades, Pires cita o Match Day, OIL, Innovation Journey e o Summer Job. “Essas ferramentas podem oferecer oportunidades para além das empresas estabelecidas, tanto para estudantes com espírito empreendedor quanto para pesquisadores com estudos aplicáveis”, diz Pires na publicação.

O estudo – que contou com o apoio da Endeavor e da Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação – está disponível na web. O Liga Insights – Pernambuco pode ser consultado por qualquer pessoa, de forma gratuita, basta clicar no link: http://ow.ly/PELJ50kwNrC.

Confira todos os informativos


Acompanhe nossa agenda de eventos, cursos e palestras!

Agendas de eventos

© SOFTEXRECIFE. Todos os direitos reservados.