Demo Day: Estudantes da UFPE estreitam laços com o ecossistema de TIC

Universitários mostraram as soluções em tecnologia digital desenvolvidas durante a disciplina “Projetão” para uma plateia de empresários e investidores

Setenta estudantes da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) ocuparam o palco do auditório do Apolo 235, no último dia 10 de dezembro, para mostrar as soluções em tecnologia desenvolvidas no ano de 2018. Foi o tradicional Demo Day, iniciativa promovida pela UFPE, que neste ano teve o apoio do SoftexRecife, Assespro PE/PB, Seprope, Porto Digital e Manguez.al. Na plateia, estavam empresários, executivos e possíveis investidores do ecossistema de TIC do Recife.

Divididos em 10 equipes, os alunos apresentaram as soluções desenvolvidas ao longo da disciplina intitulada “Projetão”. O evento teve o objetivo de aproximar esses profissionais prestes a se formarem do mercado e, por isso mesmo, os representantes de cada time precisaram fazer uma exposição em formato de pitch para o público. “Essa é uma grande oportunidade para os universitários demonstrarem o que construíram para sociedade. Também é um momento de networking deles e dos professores com o ecossistema de TIC”, afirmou professor da UFPE e um dos  responsáveis pela disciplina Projetão, Cristiano Araújo.

O evento contou com equipes dos campus da UFPE em Recife e Caruaru. São elas: DogEars; Nois fanzine; FindMySpace; Hungry; GuardAqui; Set; Na Real; Balaio; Museum Mistery e Off Grid. Os projetos abordaram diferentes temas, como ações culturais, música, dança, recursos para cães, serviços de guarda objetos, locação de espaços, entre outros. Afora o público em geral, uma banca – formada por Augusto Galvão, do SoftexRecife, Julyenne Moura, do CESAR Labs e Daniel Lima, do Softex Recife e Manguez.Al – assistiu aos pitches dos estudantes e, embora não fosse uma competição, ela elegeu os destaques do Demo Day.

Na avaliação da banca, o melhor projeto foi o GuardAqui: um locker inteligente para as pessoas guardarem seus objetos pessoais de forma segura ao irem à praia. O melhor Pitch ficou com o Museum Mystery, um serviço que cria jogos interativos com peças do museu para tornar o espaço mais atrativo a jovens. Já a solução com maior potencial de mercado foi o DogEars, headphone que cria um ambiente tranquilo para cães que se estressam com barulhos do dia a dia. Por fim, a melhor inovação tecnológica ficou para o Na Real, um sistema que analisa emoções de leitores de ebook para criar uma playlist de músicas de acordo com a temática do capítulo lido.

Confira todos os informativos


Acompanhe nossa agenda de eventos, cursos e palestras!

Agendas de eventos

© SOFTEXRECIFE. Todos os direitos reservados.