Organização taiwanesa quer estabelecer parcerias com empresas do ecossistema de TIC

A ideia é compartilhar oportunidades de negócios com as companhias brasileiras no segmento de tecnologia para Cidade Inteligente

 

Executivos da Taiwan Trade Center do Brasil (filial da organização semigovernamental Traita, sediada na ilha de Taiwan) se reuniram com empresários do ecossistema de TIC de Pernambuco, no último dia 29 de outubro. A iniciativa teve o objetivo de estreitar laços entre a instituição oriental e o parque tecnológico, além de fomentar possíveis alianças estratégicas das empresas taiwanesas com as companhias locais. O encontro aconteceu no auditório do empresarial ITBC, no Bairro do Recife.

 

A Traita está em busca de empresas da região Nordeste visando ao desenvolvimento de oportunidades de negócios no segmento de tecnologia para Cidade Inteligente, em Taiwan. Na reunião, o gerente da Taiwan Trade Center, Sik Lung Suen, apresentou estimativas do Banco Mundial: “se 85% de uma cidade com mais de 1 milhão de habitantes adotasse o sistema inteligente, isso poderia elevar em até 2,5 vezes o seu valor econômico”. Ele pontou ainda que a construção de cidade inteligentes estaria centrada em Internet das Coisas, num elo entre empresas de hardware e de software.

 

“A Traita tem uma postura de não vender diretamente ao governo brasileiro. Prefere ter um parceiro local para fazer essas ações junto ao mercado. O Brasil é muito grande e tem um mercado consumidor amplo. Assim, estamos buscando parceiros em cada região. A Traita também busca ajudar as empresas brasileiras fazendo missões para conhecer cidades inteligentes e feiras de IoT, em Taiwan”, disse Suen, acrescentando que muitas missões devem ser realizadas em 2019 e havendo o interesse, pode ser feito um convite aos pernambucanos.

 

A proposta da organização taiwanesas segue o modelo joint-venture, ou seja, acordos entre organizações com objetivo comercial comum para o desenvolvimento de negócio conjunto e divisão de resultados. As parcerias envolvem três modalidades: Tecnologia (aquisição de novas tecnologias para produção de equipamentos no Brasil); Capital (investimento de capital para produção de equipamentos no Brasil), e Comercial (comercialização exclusiva de produtos e equipamentos produzidos por empresas taiwanesas).

Confira todos os informativos


Acompanhe nossa agenda de eventos, cursos e palestras!

Agendas de eventos

© SOFTEXRECIFE. Todos os direitos reservados.