LGT Impact participa de Mach Day no polo de TIC do Recife

Representantes do fundo de investimento europeu fizeram um mergulho no ecossistema e assistiram a pitches de ICTs e empresas de tecnologia

 

Os empreendimentos de impacto usam a tecnologia para resolver problemas sociais e ambientais, contribuindo para um desenvolvimento sustentável ao mesmo tempo em que proporcionam resultados financeiros. Com vista à essa nova forma de pensar os negócios, dois representantes do LGT Impact, braço de investimentos em Private Equity, desembarcaram no Recife, no último dia 11 de abril. Eles fizeram um mergulho no ecossistema do Polo de TIC local participando de um Match Day, articulado pelo SoftexRecife, Neurotech, Assespro, Seprope, Porto Digital e a comunidade Manguez.al.

 

“Esta não foi a primeira vez que estivemos no Porto Digital. Nós mantemos uma relação ativa com o ecossistema. Na verdade, essa visita foi para dar seguimento a uma relação já existente e também ter a oportunidade de conhecer mais a fundo a estrutura e os integrantes do polo. O evento foi muito bem organizado e eficiente. Agora estamos mantendo o diálogo com algumas organizações e temos a intenção de estabelecer um ciclo periódico de visitas ao ecossistema do Porto Digital”, comentou Pedro Paulo Teixeira, co-head da LGT Impact na América Latina.

 

Ele, juntamente com o também representante do fundo Marcos Pereira, tiveram uma agenda corporativa intensa na capital pernambucana. Pela manhã, assistiram à apresentação de três Institutos de Ciência e Tecnologia (ICTs) no auditório do edifício Apolo 235, no Bairro do Recife. Integrantes do CESAR, do Porto Digital e do SoftexRecife falaram sobre o ecossistema e as oportunidades existentes no cluster local. O conselheiro e um dos fundadores do Porto Digital, Cláudio Marinho, também comandou o keynote Open Innovation. Após as exposições, eles visitaram as instalações do CESAR School, da Jump e do Laboratório de Objetos Urbanos Conectados (L.O.U.Co).

 

Já pela tarde, foi a vez de 17 empresas de TIC, entre startups e companhias consolidadas no mercado, se revezarem à frente do auditório do Apolo 235. Elas foram detalhar suas soluções inovadoras. Cada organização teve cinco minutos para falar sobre seus serviços, produtos, diferenciais e experiência na área. Após os pitches, os empreendedores contaram com mais três minutos para tirar dúvidas e responder as perguntas do público e da comitiva.

 

De acordo com Teixeira, que representa a LGT Impact no Brasil e em toda a América Latina, o fundo tem o interesse de ampliar suas atividades no país, em especial nas regiões Norte/Nordeste. Para isso, buscam encontrar oportunidades de negócios que gerem impacto social, principalmente os que miram lacunas nos serviços de saúde, educação, agricultura, energia e inclusão financeira. Hoje, o fundo europeu possui investimentos em duas startups de origem verde e amarela: Dr. Consulta e General Water.

Confira todos os informativos


Acompanhe nossa agenda de eventos, cursos e palestras!

Agendas de eventos

© SOFTEXRECIFE. Todos os direitos reservados.